180graus

Seja você mesmo - 23/06/2015 às 14h56

Confira 7 dicas essenciais para sua primeira entrevista de emprego






comserv

Você está em busca do primeiro emprego, mas não faz ideia de como proceder durante a entrevista com o recrutador e, só de pensar nisso, começa a suar de tão nervoso? Fique tranquilo que isso é muito mais comum do que você imagina. Tão comum que fomos atrás de dicas preciosas para facilitar a sua vida e de todos aqueles sem experiência de emprego, já que você está chegando agora ao mercado de trabalho e precisa apenas de um empurrãozinho para mostrar suas habilidades.

Quem ajudou nessa tarefa foi João de Queiroz Xavier, diretor-geral da Ricardo Xavier Recursos Humanos, que há anos trabalha no recrutamento de profissionais de diversas áreas e níveis. Quer saber o que ele diz? Vamos lá:

1 – Escolha bem o que vestir

Em primeiro lugar, João aconselha começar pelo mais básico. Que roupa você vai vestir? A decisão não é tão simples. Não vá pensando que é só pegar aquele jeans e aquela camiseta que você adora e tudo está resolvido. Quando falamos de empresas e processo de seleção, alguns cuidados simples podem fazer toda diferença.

“O ideal é que o candidato se vista como se já trabalhasse na empresa”, diz ele.

Na dúvida, a dica é usar roupas mais sociais. “É melhor errar para mais do que para menos”, ele diz. “Além disso, se chegar de gravata e constatar que o ambiente não é dos mais formais, é só tirar a gravata, dobrar a manga da camisa, tirar o paletó”, recomenda. “É mais fácil passar do social para o esporte do que o contrário.” Para as mulheres, cuidado com cabelos e unhas também são essenciais.

2 – Tome cuidado com a fala

A segunda dica é a de tomar muito cuidado com o que vai dizer e também com a forma que vai dizer. Evite erros de português e gírias. “Fale apenas o necessário, sobre o que for perguntado”, recomenda ele.

3 – Valorize sua experiência acadêmica

Em processos de seleção em geral, o que mais pesa são os resultados obtidos pelos candidatos em experiências anteriores. Claro que, se você está procurando seu primeiro emprego, o recrutador já sabe que você não tem experiência profissional (muito menos resultados) para apresentar, mas não é por isso que você vai ficar mudo.

“Você deve explorar seus resultados na escola, participações em congressos, seminários, cursos de aperfeiçoamento, trabalhos desenvolvidos, como TCC e Monografias, e, principalmente, estágios, trabalhos voluntários, trabalho de férias, intercâmbios”, diz João.

4 – Pense em situações em que foi desafiado

Outra dica é que muitas entrevistas de emprego são baseadas em situações que você já viveu. Para não correr o risco de ter um branco na hora, você pode deixar a memória preparada. Lembre, com antecedência, de situações em que você se sentiu desafiado, em que teve que resolver algum problema, por exemplo. É bem provável que alguma pergunta assim surja no bate-papo. Ah, sim, e não se importe com a simplicidade das tarefas que você vai relatar, isso já é esperado pelo entrevistador.

“O que importa é a forma como você alcançou os resultados e não o resultado em si”, diz ele. Isso porque, você tende a agir de maneira semelhante quando se deparar com outro desafio ou tarefa, e é isso que o entrevistador quer saber – como você agiu diante da situação. “As empresas procuram pessoas capazes de produzir resultados e realizar o trabalho da maneira mais eficiente possível e a melhor forma de mostrar que você pode entregar tudo isso é contar o que já fez.”

5 – Estude a empresa

Antes da entrevista, é obrigatório fazer a lição de casa e estudar a empresa em que você quer trabalhar. Use e abuse da internet para investigar e descobrir tudo sobre ela – sua história, o que ela faz, o que produz, qual seu tamanho, se é nacional ou não, quem são suas concorrentes, como ela está em relação à concorrência etc etc etc. “Também procure imaginar como você pode contribuir com o desenvolvimento da empresa e questione por que você quer trabalhar lá.”

6 – Pense nos seus pontos fortes e fracos

Outra lição de casa é pensar no que você tem de melhor. “Descubra seu pontos fortes e prepare exemplos que os demostrem, como situações vividas que comprovam o exercício de tais qualidades”, diz João. Bem, é preciso também descobrir seus pontos fracos, os pontos em que você precisa se desenvolver, porque isso também pode ser questionado durante a entrevista.

7 – Seja você mesmo

Segundo João, o entrevistador já vai esperar que você esteja nervoso porque isso é muito comum. “Se ele for bom entrevistador, cuidará para que você se sinta mais à vontade”, diz. De qualquer forma, a melhor estratégia para combater o nervosismo é ser você mesmo.

A dica é clara: não elabore mentiras ou histórias sofisticadas para querer impressionar. Seja você mesmo e tudo fica bem mais fácil. Além disso, os processos seletivos buscam colocar a pessoa certa no lugar certo. “Se você for preterido não significa que é um mau profissional, mas que havia alguém mais aderente ao perfil solicitado”, diz.

Na maioria das vezes, o perfil comportamental pesa mais do que competências técnicas ou capacidade intelectual. Por exemplo, uma pessoa mais introvertida pode não se desenvolver bem em um cargo que exija extroversão e uma pessoa que goste de fazer análises estatísticas pode não se sentir confortável em uma posição que exija criação. “Portanto, querer forçar um perfil só trará transtornos, no médio e longo prazos, para a empresa e para o profissional.”

Por fim, a dica geral é: “Mostre seus resultados, mostre sua trajetória e seu desenvolvimento, seja claro e sucinto, capriche no português e seja você mesmo!”.

Fonte: Com informações do Vagas

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Terrazzo Poti
Teresina Participativa
Podium PM-MA
Podium PMPI
Últimas Notícias
08h47 Prêmio máximo da Mega-Sena pode chegar a R$ 97 milhões nesta quarta 08h28 PF realiza operação contra lavagem de dinheiro no PI e mais 11 capitais 08h22 BNDES lançará linha de crédito para pequenas e médias empresas inovadoras 08h21 Secretário Executivo Igor Rodrigues se destaca em fórum estadual da Juventude 08h14 BMW e Toyota alertam para recall de veículos; problemas no airbag 08h12 Escolas públicas de todo o país terão vacinação e ações de promoção à saúde 08h08 CCJ do Senado vota hoje abuso de autoridade pois projeto é alvo de críticas 08h03 Duas pessoas são presas por furto de energia na Fazenda Real 08h01 Plenário da Câmara deve votar a reforma trabalhista nesta quarta-feira 07h57 PI: Advogado capota carro ao tentar desviar de outro veículo, na BR 407 07h49 Governo do PI decreta emergência e vai recuperar rodovias; veja trechos 07h30 Confirmado Romim Mata no encerramento dos festejos de Agricolândia 06h33 A aspirina e suas possíveis novas indicações 06h23 Grande Loja Maçônica do Piauí - “A História como ela é” 00h44 Federação de Futebol ajusta rodada final de classificação do returno 21h59 Acompanhando Lula, W.Dias se reúne com lideranças indígenas em Brasília 21h32 Indígenas lançam flechas conta PMs em protesto em frente ao Congresso 21h17 Câmara Municipal aprova projeto de reforma administrativa em Oeiras 19h54 Secretaria de saúde ao lado da Secretaria de Educação realizam atividade do–PSE na E. Raio de Luz 19h36 Secretaria de saúde em parceria com Secretaria de Educação realiza atividade do–PSE 19h01 Secretaria Municipal de Assistência Social através do SCFV comemora a Páscoa dos Idosos 18h29 Piauiense perde 15 kg com corrida de rua e comemora mudança de vida 18h22 Robert desafia que promotor aponte 'Ali Babá e 40 ladrões' 18h12 Nunca na história deste país, vimos uma eleição como vamos ver a de 2018 18h02 MP questiona exigências constantes no edital de certame da PM do Piauí

Teresina Participativa

Mais Lidas


    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 801

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Teresina Participativa
    Teresina Participativa

    180graus no Instagramno Instagram