180graus

Sonia foi a ÚNICA finalista - 08/02/2017 às 14h53

Ela foi recusada em uma empresa simplesmente por ser mãe

A paulistana Sonia Cristina Tomiyoshi estava confiante de que conseguiria entrar na concorrida vaga de Gerente Financeiro e de Controladoria numa empresa para a qual havia se candidatado. E não é para menos! Passadas as etapas de seleção, o RH chegou a dizer que ela era a única finalista realmente apta ao cargo.

Mas aí veio a reviravolta. “Na metade do processo a empresa decidiu, que iria reiniciar tudo de novo, para buscar outros profissionais com o perfil mais próximo ao meu. Neste período eles me disseram que eu era a única candidata finalista. Na semana passada fui informada que, apesar de eu ter sido extremamente bem avaliada, a empresa achava que o fato de ter filhos pequenos prejudicaria meu desempenho profissional”.

Sem meias palavras, a empresa dispensou Sonia pelo simples fato de ela ser mãe. Profissional experiente, formada em administração de empresas e gestão financeira, e com pós-graduação em controladoria e auditoria, Sonia chegou a informar o RH de que ela conta com suporte familiar e a ajuda de uma babá. Mesmo assim, a diretoria da empresa não voltou atrás.

Chateada com a situação, Sonia fez um desabafo no Facebook, em um um grupo fechado só de mães. Rapidamente, a publicação viralizou e recebeu diversos comentários de mulheres que vivem ou já viveram a mesma situação.

desabafo

desabafo.png

Para ela – que é mãe do Lucas, de 5 anos, e da Maria Lara de 1 ano e 8 meses -, é inadmissível discriminar profissionalmente uma mulher pelo simples fato de ela ter filhos. “Dedicação é uma característica que possuo desde sempre”, diz Sonia. E isso ficou mais do que comprovado quando ela tornou-se a única finalista da vaga, né? Mas, infelizmente, não há melhor palavra para definir o que se passou nesse episódio: discriminação.

Mesmo inconformada com o que aconteceu, Sonia diz que não se deixou abater e que segue buscando um novo emprego. “Está é uma triste realidade que devemos combater. Mas eu acredito que existem inúmeras empresas que nos apoiam e possuem profissionais que, assim como eu, são mães e desejam trabalhar. Então não devemos desistir, pois através do nosso trabalho, dedicação e empenho que daremos o melhor para nossa família”.

sonia-cristina-tomiyoshi.jpg

Fonte: Com informações de Revista Claudia

Anseios e necessidades - 30/01/2017 às 15h56

SMPM ouve demanda das mulheres em reuniões pela cidade

comserv

Os anseios e as necessidades das mulheres foram discutidos na primeira rodada de reuniões descentralizadas que aconteceu no último sábado, na zona Sul da capital. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), está indo até a população feminina para ouvir suas reivindicações.

O projeto começou com encontros no Escolão do Parque Piauí e no auditório da Fazenda da Paz. Durante as atividades as mulheres expuseram as principais dificuldades que enfrentam no dia a dia. “O diálogo é para achar um caminho para que tudo que for colocado em questão seja analisado e para que, juntos, possamos encontrar uma maneira de resolver os impasses encontrados pelas mulheres da nossa cidade”, explica a Secretária da Mulher, Marcilane Gomes.

A presidente da Fundação da Paz Antônia Rodrigues, falou da importância de ações como estas para a comunidade. “Ouvir a opinião das pessoas para saber o que cada região e, assim, saber o que cada área necessita é um compromisso com a comunidade. A criação de uma Secretaria Municipal é a prova de que a Prefeitura está preocupada com as mulheres da cidade. O Órgão dá mais segurança para todas nós, já que é mais uma maneira de garantir nossos direitos”, disse.

047af44044.jpg

Confira a agenda das próximas reuniões:

Data: 02/02/2017 – Reunião Regionalizada Centro
Auditório da SEMTCAS
Horário: 17:30h

Dia 03/02/2016 – Zona Sudeste
1-Associação dos Moradores do Bairro Itararé – AMI
Endereço: Av. Joaquim Nelson, s/n. Telefone: 3235-4081
Horário: 17h

Dia 04/02/2017 – Zona Norte
1-Lagoas do Norte
Endereço: Av. Boa Esperança - Matadouro, Teresina - PI
Horário: 08h às 11h
2-CEU Norte
Endereço: Parque Estael - Santa Maria da Codipi – Zona Norte
Horário: 14h as 17h

Dia 11/02/2016 – Zona Leste
1-Fundação Padre Antonio Dante Civiero FUNACI
Endereço: Rodovia PI, 112 km 05 – Socopo
Horário: 08h às 11h
2-Unidade Escolar Professor Joca Vieira
Endereço: R. Des. Pedro Conde, 220 - São Cristóvão, Teresina
Telefone: (86) 3232-1296
Horário: 14h às 17h

Fonte: Com informações da Prefeitura de Teresina

Dica para a vida! - 30/01/2017 às 11h06

Para usar no carnaval: Página ensina a fazer 'spray de pimenta caseiro'

comserv

A página “Todas Fridas” no Facebook, destinada ao público feminino, já conseguiu quase 30 mil compartilhamentos na postagem onde ensina as mulheres a fazerem um spray de pimenta caseiro, para que possam se defender de possíveis agressores.

Com a proximidade do carnaval, quando nas festas de rua são constantes as tentativas de abusos, a ideia vem agradando, principalmente pelo baixo custo. E não vale só para mulheres.

A receita do tutorial originalmente produzido pela usuária Nathália Gonçalves leva sal, alho, pimenta, canela em pó e água. Os produtos devem ser misturados e amassados com uma colher de pau, e deixados de um dia para o outro em descanso antes de ser armazenado em um frasco com borrifador.

A mistura deve ser trocada a cada três meses.

“Receita de Spray de pimenta caseiro pra nós, mulheres, que vivemos constantemente com o medo, principalmente quando sozinhas. Façam, deem de presente pra aquela amiga que trabalha ou estuda a noite, é pra nossa segurança, é nós por nós”, diz a página, em postagem feita no último sábado.

A substância é bastante agressiva se em contato com a pele, e principalmente os olhos. O uso e armazenamento requerem cuidados.

A página Todas Fridas destina-se a produzir conteúdo de empoderamento, “para que outras mulheres obtivessem contato com o feminismo”.

Confira a agenda dos encontros - 26/01/2017 às 10h50

THE: Demandas das mulheres serão ouvidas em reuniões pela cidade

Buscando ouvir as demandas femininas e apresentar o I Plano Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, a Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SEMPOM), realiza diversas reuniões de mobilização com os movimentos sociais e entidades de mulheres.

A primeira reunião acontece neste sábado (28/01), no Escolão do Parque Piauí de 8h às 11h, localizado na Avenida Wall de Carvalho, e a segunda reunião no auditório da Fazenda da Paz, na Rua Santa Maria Gorete, bairro Três Andares, das 14h às 17h.

Os encontros servem para que as mulheres possam expor suas dificuldades e expectativas, e assim seja garantida uma gestão norteada pelo diálogo. “É essencial ouvir as demandas das mulheres para que elas sejam contempladas no planejamento da Secretaria da Mulher”, explica a secretaria da Mulher, Macilane Gomes.

Agenda das reuniões:

Dia 28/01/2017 – Reuniões Regionais na Zona Sul

Locais:
1-Escolão do Parque Piauí
Endereço: Av. Henry Wall de Carvalho, 6709 - Triunfo, Teresina - PI, 64022-050 – Telefone:(86) 3215-7962
Horário: 08h00min as 11h00min

2- Auditório da Fundação da Paz
Endereço: R. Santa Maria Gorete, 2592 - Três Andares, Teresina – PI
Telefone:(86) 3229-6172
Horário: 14h00min as 17h00min

Data: 02/02/2017 – Reunião Regionalizada Centro

Local:
Auditório da SEMTCAS
Horário: 17h: 30min

Dia 03/02/2016 – Zona Sudeste

Local:
1-Associação dos Moradores do Bairro Itararé – AMI Telefone: 3235-4081
Endereço: Av. Joaquim Nelson, s/nº. Cep: 64.078-600
Horário: 17 horas

Dia 04/02/2017 – Zona Norte

Locais:
1-Lagoas do Norte
Endereço: Av. Boa Esperança - Matadouro, Teresina - PI
Horário: 08h: 00min às 11h: 00min

2-CEU Norte
Endereço: Parque Estael - Santa Maria da Codipi – Zona Norte
Horário: 14h00min as 17h00min

Dia 11/02/2016 – Zona Leste

Locais:
1-Fundação Padre Antonio Dante Civiero FUNACI
Endereço: Rodovia PI, 112 km 05 – Socopo # 3237-0611, 0701-Cep: 64001-970
Horário: 08h: 00min às 11h: 00min

2-Unidade Escolar Professor Joca Vieira
Endereço: R. Des. Pedro Conde, 220 - São Cristóvão, Teresina - PI, 64046-160 Telefone: (86) 3232-1296
Horário: 14h00min as 17h00min

Fonte: Com informações da Prefeitura de Teresina

'2,5 vezes mais do que homens' - 19/01/2017 às 10h52

Trabalho doméstico não remunerado ainda é considerado como um 'problema de mulheres'

comserv

De acordo com uma pesquisa realizada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT, 2016), “as mulheres realizam pelo menos duas vezes e meia mais trabalho doméstico não remunerado e trabalho relacionado a cuidados do que os homens”.

Para desenvolver a discussão sobre o assunto, em 2016, foi divulgado o relatório “Situação da Paternidade no Brasil”, do Instituto Promundo, que reúne esses e outros indicadores sobre a divisão de trabalho e cuidados com os filhos e com a casa no País.

A pesquisa afirma que o trabalho doméstico não remunerado – aquele feito na própria casa – ainda é visto como um “problema de mulheres”. Delegar essas tarefas exclusivamente ao sexo feminino, diz o relatório, afeta não apenas as mulheres e a conquista da igualdade de gênero, como também as crianças, os homens e a economia dos países.

“Quando os homens se responsabilizam de forma igualitária pelo trabalho doméstico de cuidado, estes não remunerados, abrem espaço para que as mulheres também desenvolvam habilidades profissionais que são pré-requisitos fundamentais para atender as demandas do mercado de trabalho”, diz a publicação.

Abaixo, confira alguns destaques do relatório:

1 – Mulheres gastam mais horas em cuidados com a casa e filhos

Segundo o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), mulheres com filhos dedicam, em média, 25,9 horas semanais a cuidados com a casa. Homens com filhos dedicam apenas 15,5 horas. Os dados são da pesquisa “Mulher e trabalho: avanços e continuidades”, de 2010. No mundo, a situação se repete. Segundo levantamento feito pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), mulheres gastam, por dia, 2h30 com filhos e tarefas domésticas. Homens, 1h20.

2 – Menos da metade dos homens se dedica a tarefas doméstica

Segundo a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2013, no Brasil, 46% dos homens adultos realizam trabalho doméstico. Esse número é de 88% entre as mulheres. Quando são analisados os dados relacionados ao trabalho pago, a situação se inverte: pouco mais da metade das mulheres adultas do País (52%) realiza trabalho pago, enquanto 77% dos homens adultos estão envolvidos em atividades remuneradas.

3 – Na visão dos homens, tarefas domésticas ainda são femininas

O Instituto Promundo, no relatório, reuniu resultados de pesquisas que buscaram mensurar a percepção dos homens sobre os trabalhos domésticos. Confira alguns dos resultados:
– 54% concordam totalmente que “O papel mais importante da mulher é cuidar da casa e cozinhar para a sua família” (BARKER y AGUAYO, 2012);
– 43% concordam que “O homem pode até ajudar, mas quem deve ser responsável por cuidar da casa é a mulher” (INSTITUTO AVON/ DATA POPULAR, 201342);
– 89% consideram “Inaceita?vel que a mulher na?o mantenha a casa em ordem”; (INSTITUTO AVON/ DATA POPULAR, 2013).

Com informações do Nexo e do relatório “Situação da Paternidade no Brasil”, do Instituto Promundo.

Fonte: Movimento Mulher 360

Carregando, por favor aguarde...
podium
Últimas Notícias
01h15 A Loga da ENGIPEC de Simplício Mendes esta com grandes promoções em tintas 00h07 Zé Pereira de São Pedro do Piauí leva centenas de folões as ruas da cidade 21h47 Flamengo vence o Piauí pelo placar de 3 a 0 e assume a ponta da tabela 21h11 Mengão vence o Piauí e assume a liderança do Piauiense 17h31 Homem é morto a facadas após desentendimento em bar 17h16 Proibição de cobrança de bagagens ainda depende de votação na Câmara 17h10 Teste seletivo para estagiários do TJ-PI ocorre com tranquilidade em 5 cidades 17h10 Pinturas rupestres seriam registros de megafauna, defende pesquisador 17h01 SAMU registrou 54 atendimentos durante o Corso na Raul Lopes 16h28 Ex-líder do PT diz que sigla precisa admitir corrupção e pedir desculpas 16h16 Ministério Público do Piauí vai abrir investigação contra Andressa Leão 16h08 Conferência nos EUA terá palestras de Dilma e Moro no mesmo dia 16h03 Cápsula Dragon, da SpaceX, é lançada rumo à estação espacial 15h54 Em Codó-MA, ônibus que seguia de Teresina para o MT incendeia; vídeo 15h38 Gabarito da seleção de estagiários do TJ-PI deve sair já nesta segunda, 20/02 13h28 Em 2018, ex-governador acredita no desgaste do PT a favor da oposição 12h56 Assista: Dragon Ball Z ganha curta-metragem sombrio no Youtube 12h40 Série: The Walking Dead terá novo horário de exibição na Fox 12h35 Filme do anime Gantz tem a sua estreia na Netflix neste sábado (18) 11h36 "O Corso de Teresina segue se reinventando", diz Iracema Portella 11h17 Corso 2017 contou com 357 agentes na limpeza da Avenida 11h07 Eleição da lista tríplice para defensor público geral será nesta segunda 10h56 Hugh Jackman bebe 'pingado' em São Paulo e se arrisca no português 10h54 Ciro não desiste da Sesapi e está determinado a garantir respeito ao PP 10h38 Globo vai 'ressuscitar' vilã Nazaré e terá trindade do mal em nova novela