180graus

Ficará impedido de colar grau - 24/01/2017 às 17h03

Estudantes que não fizeram Enade têm uma semana para regularizar situação

Os estudantes habilitados a fazer o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2016 e que não fizeram as provas no dia 20 de novembro, têm até a próxima terça-feira (31) para pedir dispensa da avaliação. Segundo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), dos 216.044 inscritos, 20.150 (9,33%) não fizeram o exame. Quem não regularizar a situação não poderá colar grau.

O pedido deve ser apresentado com a justificativa da ausência à instituição de educação superior na qual o estudante está matriculado. Em caso de o pedido ser aceito, o coordenador do curso registrará a situação no sistema, no portal do Inep. Quem tiver o pedido negado pela instituição pode pedir a dispensa diretamente ao Inep, no período de 8 a 22 de fevereiro de 2017. Nesse caso, será preciso apresentar original ou cópia autenticada do documento que comprove o motivo que impediu de fazer a prova.

Este ano as provas foram aplicadas para concluintes dos cursos de graduação nas áreas de conhecimento de agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social e zootecnia. Também foram avaliados os concluintes de cursos superiores de tecnologia nas áreas de agronegócio, estética e cosmética, gestão ambiental, gestão hospitalar e radiologia.

O Inepe também alerta que aqueles que não preencheram o questionário do estudante estão em situação irregular junto ao Enade 2016 e poderão não colar grau, mesmo que tenham feito a prova. O questionário estará disponível para preenchimento até 22 de fevereiro de 2017, no portal do Inep.

Aplicado pela primeira vez em 2004, o Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior, composto também pela Avaliação de Cursos de Graduação e Avaliação Institucional. Juntos, eles formam o tripé avaliativo da qualidade dos cursos e instituições de educação superior. Os resultados do Enade, aliados às respostas do Questionário do Estudante, são fundamentais para o cálculo dos indicadores de qualidade da educação superior.

(Com informações da Agência Brasil)

Garantiu que não há prejuízos - 24/01/2017 às 14h59

MEC afirma que trabalha para sanar as dificuldades de acesso ao 'Sisu'

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

comserv
Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

UNIMED ORTOPEDIA
Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Casa do cartucho
Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

ISLAMAR

O Ministério da Educação (MEC) informou na tarde desta terça-feira (24/01) que as dificuldades de acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estão sendo sanadas e garantiu que os candidatos não terão prejuízo.

“O MEC, juntamente com o Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira], continua trabalhando para identificar qualquer outra inconsistência e resolvê-la com a máxima brevidade, assegurando que não haverá prejuízo a nenhum candidato”, diz a pasta, em nota.

Por meio das redes sociais, muitos candidatos que fizeram a prova no ano passado estão reclamando da dificuldade de acesso, em especial aqueles que prestaram o exame na segunda aplicação.

print_tela_sisu_2402.jpg

O Sisu é uma ferramenta que permite aos candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) concorrer a vagas em universidades públicas de todo o país. As inscrições para o sistema foram liberadas hoje e estarão abertas até as 23h59 da próxima sexta-feira, dia 27 de janeiro.

Os candidatos podem se inscrever a qualquer momento dentro desse período e o único critério para a aprovação é a nota do Enem. Até as 13h, 773.341 candidatos já haviam entrado no sistema e feito suas opções. Cada candidato pode escolher até duas opções de curso universitário, totalizando até o momento 1.483.554 inscrições.

Os candidatos que concluíram o ensino médio, prestaram o Enem em 2016 e receberam nota maior que zero na redação podem acessar o sistema.

“Dos 6.067.152 que fizeram o Enem, 880.962 participantes realizaram o exame apenas para autoavaliação (“treineiros”) e 140.294 receberam nota zero na redação. Esses participantes não estão incluídos na base de dados do Sisu”, informou o MEC.

Em caso de dúvida sobre o Sisu, os interessados podem entrar em contato com o MEC e com o Inep por meio do número 0800 616161 ou pela ouvidoria do ministério.

Inconsistências
Segundo o comunicado do ministério, foram identificados cerca de 700 candidatos cujas notas na base de dados do Enem registravam participação na primeira e também na segunda aplicação do exame, mas "essas inconsistências já foram corrigidas”.

Fonte: Com informações da Agência Brasil

Educação em destaque - 24/01/2017 às 13h48

No primeiro dia de inscrições: Sisu já tem quase 800 mil inscritos

Casa do cartucho
ISLAMAR
comserv
UNIMED ORTOPEDIA

No primeiro dia de inscrições abertas, o Sistema de Seleção Unificada recebeu, até as 13 horas, 773.341 inscritos e 1.483.554 inscrições. Cada candidato pode escolher até duas opções de curso.

Os candidatos poderão se inscrever até sexta-feira (27). Ao todo, são 238.397 vagas em 131 instituições públicas, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota 0 na redação do exame. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016.

O resultado será divulgado no dia 30. O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro. Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes.

Nota de corte
Após a abertura das inscrições, são divulgadas uma vez por dia ao notas de corte de cada um dos cursos, tanto pelo sistema universal quanto pelo sistema de cotas.

O candidato também pode consultar, em seu boletim, a classificação parcial na opção de curso escolhido. Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados. No boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final. Ao longo do período de inscrição, o candidato pode mudar as opções de curso.

O Ministério da Educação ressalta que tanto a classificação parcial quanto a nota de corte são calculadas a partir das notas dos candidatos inscritos na mesma opção. Portanto, são apenas uma referência, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada.

(Com informações da Agência Brasil)

Tópicos
Problema técnico foi o motivo - 24/01/2017 às 13h46

Ministério da Educação altera as datas para inscrições no ProUni e Fies

comserv
Casa do cartucho
UNIMED ORTOPEDIA
ISLAMAR

O início das inscrições no ProUni e no Fies sofreu ajuste nas datas divulgadas anteriormente. O secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Barone, explica que razões técnicas exigiram a prorrogação do prazo das inscrições nos dois programas em um dia para garantir a segurança da operação do sistema. “Assim, teremos a certeza de que todos os candidatos serão atendidos rigorosamente de acordo com suas notas obtidas no Enem. Isso não apresenta nenhum prejuízo em termo de início dos cursos, mas apenas uma precaução técnica tomada pelo nosso setor de tecnologia da informação”, garante.

O Programa Universidade para Todos (ProUni) passa a receber inscrições no período de 31 de janeiro a 3 de fevereiro. Já os candidatos ao Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior (Fies) podem se inscrever de 7 a 10 de fevereiro. Anteriormente, o ProUni começaria no dia 30 e o Fies, no dia 6.

ProUni
Pode se inscrever o estudante que não tenha diploma de curso superior e que tenha feito o Enem 2016, com no mínimo 450 pontos na média das notas e com nota acima de zero na redação. O estudante também precisa atender a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública; ser pessoa com deficiência; ser professor da rede pública de ensino.

Pode concorrer à bolsa integral o candidato cuja renda familiar bruta mensal per capita não exceda o valor de 1,5 salário-mínimo. As bolsas parciais são para os casos em que a renda familiar bruta mensal per capita não exceda o valor de três salários mínimos.

Fies
O Fies oferece financiamento de cursos superiores em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. O aluno só começa a pagar a dívida após a formatura. O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

Pode concorrer o estudante que tiver feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, desde que tenha obtido média superior a 450 e não ter tirado zero na redação.

Fonte: Com informações da AsCom MEC

25% dos 1.360 concursados - 24/01/2017 às 13h43

Educação convoca 340 professores aprovados em concurso; veja a lista

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

UNIMED ORTOPEDIA
Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

ISLAMAR
Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Casa do cartucho
Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

comserv

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) convoca 340 aprovados no Concurso Público edital nº 0003/2014 e que teve validade prorrogada para o final de 2018. Durante a atual gestão, a Seduc convocou 800 concursados. Os atuais 340 convocados equivalem a 25% dos 1.360 concursados que esperam o chamamento.

Pelo calendário divulgado no dia 20 de janeiro, em reunião com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), será convocado o mesmo número em junho de 2017, e nos meses de janeiro e junho de 2018.

Os 340 candidatos deverão comparecer às Gerências Regionais de Educação (GREs), conforme endereço disposto na relação dos convocados ou na Coordenação de Cadastro/UGP da Seduc, situada na Av. Pedro Freitas S/N, blocos D e E - Centro Administrativo, do dia 24 a 27 de janeiro de 2017, das 8h às 12h, munidos dos documentos originais e cópias abaixo relacionados:

01 - Cópia da carteira de identidade, CPF e PIS/PASEP constando a data de cadastramento;
02 - Cópia de certidão de nascimento/casamento;
03 - Cópia de comprovante de residência com endereço atual;
04 - Cópia do título de eleitor/ quitação eleitoral;
05 - Cópia do comprovante de reservista (homem);
06 - Cópia do Diploma e Histórico da Licenciatura para a qual foi aprovado(a).

CONFIRA AQUI A RELAÇÃO DOS CONVOCADOS

Fonte: Com informações da Ccom

Carregando, por favor aguarde...
podium
Terno e Cia
Gráfica 180 vende máquinas
MRV está chegando à Teresina
Últimas Notícias
19h55 Intensidade de chuvas aumentam e riacho transborda em Canavieira 19h54 Secretário Municipal Coronel Araújo, participa de aniversário do Corpo de Bombeiros 19h41 Vereadores dão posse aos suplentes na Câmara de Vereadores em Campo Largo do Piauí 19h36 1º reunião para Elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico do Município de Paes Landim 19h27 Assessor de Mariano diz que não irá mais divulgar os 'boletins médicos' 19h00 Cursos da Rede e-Tec Brasil podem chegar à Queimada Nova 18h55 Mariano: 'suspeito' foi preso, mas não pelo esfaqueamento, e sim por tráfico 18h44 Força-tarefa deve comerçar a atuar em presídio do Rio Grande do Norte 18h15 Vereadora é presa no sul do país suspeita de desviar papel higiênico 18h08 Em treino, Tite indica escalação titular para enfrentar a Colômbia no amistoso 18h01 Boletos bancários já vencidos poderão ser pagos em qualquer banco;detalhes 18h00 TRE desaprova as contas de diretório do PR-PI e suspende fundo partidário 17h59 Grávida fica ferida em colisão de ônibus e van em Teresina 17h36 Sílvio deixa vida de 'vovô' aposentado 17h32 Multa para quem provocar tumulto em estádio poderá ser de 1% da renda do jogo 17h30 Oscar 2017 tem recorde de negros indicados; veja aqui a lista completa 17h17 Ministério da Justiça faz alerta para recall aos veículos Mercedes-Benz e Toyota 17h15 Jornal Diário do Povo pode anunciar parceria com a equipe da Band Piauí 17h12 Ministério da Transparência convida Acauã para capacitação na APPM 17h10 Sono sem qualidade: Por que é tão difícil dormir em noites quentes? 17h10 ‘Hormônio do romance’ pode ajudar a tratar problemas sexuais, diz estudo 17h05 Por que a Operação Geleira assombra gestões no município de Oeiras 17h05 Casa de ex-candidato a prefeito pega fogo no interior do Piauí 17h03 Estudantes que não fizeram Enade têm uma semana para regularizar situação 17h00 Júlio César pretende disputar a 4ª secretaria da Mesa Diretora