Salário de até R$ 10.461,90 · 01/10/2017 - 14h14

Inscrições para o concurso TRF 1ª Região encerram nesta segunda-feira


Compartilhar Tweet 1



Foi divulgado o edital do concurso público do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que compreende estados do Pará, Minas Gerais, Roraima, Mato Grosso, Goiás, Amapá, Amazonas, Tocantins, Rondônia, Acre, Bahia, Maranhão e Piauí, além do Distrito Federal. O concurso será coordenado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

De acordo com o edital, a iniciativa se destina ao provimento de cargos e formação de cadastro de reserva nos cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário do quadro de pessoal da Justiça Federal de 1º e 2º graus, com oferta de 20 vagas e remuneração de R$ 6.376,41 e R$ 10.461,90, ambos com carga horária de 40 horas semanais.

Para candidatos de nível superior, as vagas são para Analista Judiciário nas áreas Administrativa, Judiciária, Informática, Taquigrafia e Oficial de Justiça Avaliador Federal. Já para os que possuem ensino médio completo as vagas são de Técnico Judiciário, que envolve as áreas Administrativa, Taquigrafia e Segurança e Transporte.

Será admitida a inscrição somente via internet, na página oficial do Cebraspe (http://www.cespe.unb.br/concursos/trf1_17_servidor), solicitada no período entre 13 de setembro e 03 de outubro de 2017. A taxa para o cargo de Analista Judiciário é de R$ 86,00 e para Técnico Judiciário, custa R$ 75,00.

Provas TRF 1
Como formas de seleção dos candidatos, serão realizadas provas objetivas (todos), prova discursiva, prova prática de acompanhamento taquigráfico e prova de aptidão física (conforme o cargo disputado). Todas essas etapas, além do procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência, serão realizadas nas cidades de Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Cuiabá, Goiânia, Macapá, Manaus, Palmas, Porto Velho, Rio Branco, Salvador, São Luís e Teresina.

As provas objetivas e a prova discursiva para todos os cargos serão aplicadas na data provável de 26 de novembro de 2017, em turnos e com durações diferenciadas. Os gabaritos oficiais preliminares serão divulgados dois dias após a aplicação.O prazo de validade do concurso será de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Edital foi divulgado no Diário Oficial da União (https://goo.gl/rJsrik) e todas as atualizações devem ser obrigatoriamente conferidas na página oficial do Cebraspe. 


Fonte: Concursos no Brasil
Serão ofertadas 197 vagas · 30/09/2017 - 11h22

Governador autoriza concurso para professor efetivo da Uespi


Compartilhar Tweet 1



O governador Wellington Dias autorizou, nessa sexta-feira (29/09), a realização de concurso público para contratação de 197 professores efetivos para a Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Além das vagas já estabelecidas, um quantitativo extra, correspondente a 20%, cerca de 40, ficará classificado para chamamento posterior, dependendo da disponibilidade orçamentária do Poder Executivo. A previsão é que o edital seja publicado já no mês de outubro.

“Primeiro teremos prova escrita, depois a prova didática, seguida dos títulos. Concursos para a academia costumam ser longos, duram de 6 a 8 meses. Iniciando ainda esse ano, temos uma perspectiva muito boa para contratação no final do primeiro semestre de 2018”, comemorou o reitor da Uespi, Nouga Cardoso.

Dias autorizou também a contratação imediata de 70 professores substitutos, para preenchimento das vagas abertas por motivo de rescisão contratual. Os contratados cuidarão das disciplinas que estão descobertas desde o início desse segundo semestre letivo. De acordo com o reitor Nouga Cardoso, os candidatos já estão selecionados, garantiram vaga em certames anteriores.

Fechando o pacote de boas notícias para a Universidade Estadual, o governador Wellington Dias anunciou a sanção da lei recém-aprovada pela Assembléia Legislativa do Piauí que organiza o organograma administrativo da Uespi. A medida corrige uma distorção legal, permitindo o enquadramento para ocupação de mais de 400 cargos comissionados na instituição.

“É uma reorganização administrativa da Uespi. Uma cobrança de 31 anos, onde agora ela passa a sua completa legalização”, pontuou o governador.


Fonte: Governo do Piauí
Salário chega a R$ 6.500,00 · 19/09/2017 - 16h33

Prefeitura de Alegrete do Piauí realiza certame para 92 vagas


Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Alegrete do Piauí estará recebendo inscrições para concurso público, destinado a selecionar candidatos de ensino fundamental, médio, técnico e superior, para o provimento de 92 vagas no quadro permanente de servidores.

Os cargos com vagas são: Agente de Saúde Pública, Auxiliar de Consultório Odontológico, Assistente Social, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Controle de Endemias, Agente Administrativo, Auxiliar Administrativo, Enfermeiro, Fonoaudiólogo, Fisioterapeuta, Médico, Nutricionista, Odontólogo, Psicólogo, Técnico de Enfermagem, Visitador Sanitário, Operador Master do Programa Bolsa Família, Orientador Social, Professor de várias modalidades, Auxiliar de Serviços Gerais, Controlador Interno, Eletricista, Operador de Máquinas Moto niveladoras, Procurador Jurídico, Técnico em Contabilidade e Técnico de Controle Interno, conforme o edital nº 001/2017.

Os vencimentos a serem pagos vão de R$ 937,00 a R$ 6.500,00, para desempenhar atividades em carga horária 20 a 40 horas semanais.

As inscrições devem ser feitas no período de 25 de setembro a 12 de outubro de 2017, pela internet, no endereço eletrônico www.funvapi.com.br. O valor da taxa vai de R$ 55,00 a R$ 100,00.

Os inscritos serão selecionados por meio de prova escrita objetiva, a qual será aplicada no dia 19 de novembro de 2017, em local e horário a serem divulgados. Haverá prova de títulos, para os candidatos ao cargo de Professor.

Este concurso público será válido por dois anos, a contar da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

 


Fonte: Com informações do Concursos no Brasil
Ajuizou ação civil pública · 14/09/2017 - 12h01

MP-PI quer anular o decreto que invalidou concurso em município


Compartilhar Tweet 1



A 2ª Promotoria de Justiça de Barras ajuizou ação civil pública para anulação do Decreto Municipal n˚ 12/2017, que invalidou concurso público regido pelo Edital n˚ 01/2016, destinado ao provimento de cargos públicos municipais em diversas áreas. A atual gestão do Poder Executivo, valendo-se da capacidade de autotutela da Administração Pública, havia instituído grupo de trabalho com o objetivo de apurar a legalidade dos atos relativos ao certame instaurado pela administração anterior.

Concluídos os trabalhos da Comissão Técnica, o Prefeito Municipal de Barras, por meio de decreto editado em junho, anulou o concurso público , alegando descumprimento, por parte do antigo gestor, dos dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal relativos às Leis Orçamentárias e aos excessivos gastos com pessoal.

Diante da situação, o Ministério Público instaurou o Inquérito Civil Público n° 19/2017, com objetivo de averiguar a base jurídica do Decreto n°12/2017. Por entender que o ato é ilegal e inconstitucional, o Promotor de Justiça Glécio Paulino Setúbal expediu a Recomendação Administrativa n° 08/2017-2ªPJB, requerendo ao Prefeito de Barras a imediata anulação do disposto.

Promotor de Justiça Glécio Paulino Setúbal da Cunha e Silva
  Promotor de Justiça Glécio Paulino Setúbal da Cunha e Silva Foto: Barras Virtual

“Essa ação administrativa vem gerando situações esdrúxulas de flagrante atentado aos princípios da legalidade, eficiência e moralidade administrativa, pois, além do Decreto n° 12/2017 apresentar vícios quanto à forma, finalidade e motivo, a situação vem causando prejuízos às pessoas aprovadas no certame público, já que até então aguardam nomeação, deixando, também, o Município réu de bem e eficientemente prestar seus serviços públicos através daqueles melhor qualificados para tanto, selecionados via concurso público”, frisa Glécio Setúbal.

Contudo, apesar de tomar conhecimento do conteúdo da recomendação do Ministério Público, o gestor municipal não apresentou manifestação dentro do prazo fornecido, informando posteriormente o não atendimento da recomendação expedida, o que tornou imperioso o ajuizamento da ação.

CLIQUE AQUI E VEJA A PETIÇÃO


Fonte: Ministério Público do Piauí

Compartilhar Tweet 1



Já está disponível a relação com os aprovados no processo seletivo para o cadastro reserva do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir).

 

Foram classificados profissionais das áreas de fonoaudiologia, serviço social, educação física, fisioterapia adulto e fisioterapia aquática.

 

Os candidatos serão contratados pela Associação Reabilitar, entidade social que administra o Ceir, conforme a demanda do Centro de Reabilitação.

 

O resultado pode ser conferido no site www.reabilitar.org.br/trabalheconosco.

 

O Ceir é um Centro Especializado em Reabilitação (CER), do tipo III, habilitado pelo Ministério da Saúde para atender as deficiências físico-motoras, auditivas e intelectuais. E está em expansão para o atendimento da deficiência visual.

 

CONFIRA A RELAÇÃO DE CLASSIFICADOS


Fonte: CEIR

Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura do Município de Altos, no Piauí, anunciou a abertura de concursopúblico para o provimento de vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Atualmente, está em fase a contratação da banca organizadora.

Na última quarta-feira (06), foi publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Piauí o aviso da Concorrência nº 01/2017, licitação que visa a contratação de empresa especializada para prestação de serviços técnicos de planejamento, organização, realização, processamento, resultado final e apoio logístico a promoção do concurso público. De acordo com a publicação, a sessão licitatória acontecerá no dia 23 de outubro de 2017, às 08h00, na sala da Comissão Permanente de Licitação, na Praça Cônego Honório, nº 30, no Centro de Altos-PI.

Já no dia 31 de Agosto, foi publicada Lei Municipal nº 377/2017, que criou novos cargos e vagas, que certamente serão preenchidos através do concurso público. Foram criadas 98 oportunidades para os cargos de Enfermeiro Obstetra (03 vagas), Médico Veterinário (02), Médico SAMU (04), Técnico de Enfermagem SAMU (03), Enfermeiro SAMU (01), Condutor SAMU (08), Farmacêutico (01), Contador (01), Psicólogo NASF (01), Educador Físico NASF (01), Fonoaudiólogo NASF (01), Assistente Social NASF (01) e Fisioterapeuta (01). A lei também cria vagas para as funções existentes de Enfermeiro ESF (03 vagas), Técnico de Enfermagem ESF (05), Enfermeiro (02), Técnico de Enfermagem (02), Fisioterapeuta (02), Agente Comunitário de Saúde (06), Técnico em Raio X (01), Educador Físico (02), Professor Educação Infantil e Ensino Fundamental – 1º ao 5º ano (40), Procurador do Município (03), Técnico Agrícola (02) e Agente Administrativo (02).

Lembrado que somente após a contratação da empresa organizadora, será publicado o edital de abertura, onde terá o prazo e local de inscrição, assim como a data de provas.


Fonte: Confira Concursos

Compartilhar Tweet 1



A Associação Reabilitar divulgou a relação de aprovados na prova escrita objetiva do processo seletivo do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir). A relação dos candidatos selecionados pode ser acessada no site da Instituição.

A próxima e última etapa será a entrevista, que será realizada entre os dias 28 de agosto e 6 de setembro. As datas e os horários das entrevistas serão divulgados posteriormente no site do Ceir e da Associação Reabilitar.

O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 10 de setembro. O certame é voltado para cadastro reserva com validade de dois anos.

O processo seletivo é voltado para profissionais das áreas de terapia ocupacional, médico neuropediatra, musicoterapia, fonoaudiologia/audiologia, serviço social, fisioterapia (adulto), artes, enfermagem, educação física e fisioterapia aquática/hidroterapia, de acordo com as exigências estabelecidas no edital.

Os profissionais selecionados serão contratados pela Associação Reabilitar, entidade social responsável pela administração do Ceir, conforme a demanda da instituição.

CONFIRA A RELAÇÃO


Fonte: Com informações da assessoria
Clique para ver o resultado · 25/08/2017 - 14h21

Nucepe divulga resultado final para cargo de professor da Uespi; veja!


Compartilhar Tweet 1



A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação torna público o Resultado Final do Processo Seletivo para o cargo de Professor do Quadro Provisório desta IES, regido pelo Edital PREG N° 008/2017

O certame abriu mais de 100 vagas, distribuídas em diversos Campi e nos regimes TP-20h e/ou TI-40h. A remuneração vai de R$ 1.140,61 a R$ 5.132,76.

O prazo de validade do Processo Seletivo para o Cargo de Professor do Quadro Provisório será de 01 (um) ano, contado a partir da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, conforme legislação vigente e se for de interesse da UESPI.

Confira o resultado AQUI.


Fonte: UESPI

Compartilhar Tweet 1



A Petrobras divulga edital de novo processo seletivo público (PSP RH 2017.1) para preenchimento de 159 vagas e formação de cadastro para cargos de níveis médio e superior em diversas cidades do Brasil. Há postos de trabalho nos estados do Rio de Janeiro , São Paulo, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas e Amazonas. As inscrições estarão abertas de 15 de agosto a 04 de setembro.

Essas vagas vão atender à demanda por pessoal das novas unidades de produção no pré-sal da Bacia de Santos, conforme programado no PNG 2017-2021, e de forma a complementar um processo de mobilidade interna que já está em curso.

No nível superior, há 4 vagas para o cargo de Médico(a) do Trabalho Júnior e o cadastro esperado é de 20 candidatos .

No nível médio, há 155 vagas no total, para os cargos de Técnico(a) de Enfermagem do Trabalho Júnior (1), Técnico(a) de Inspeção de Equipamentos e Instalações Júnior (12), Técnico(a) de Manutenção Júnior - Caldeiraria (1), Técnico(a) de Manutenção Júnior - Elétrica (15), Técnico(a) de Manutenção Júnior - Instrumentação (6), Técnico(a) de Manutenção Júnior - Mecânica (22), Técnico(a) de Operação Júnior (78) e Técnico(a) de Segurança Júnior (20). O cadastro esperado é de 775 candidatos.

As inscrições serão realizadas somente pelo site da Fundação Cesgranrio (http://www.cesgranrio.org.br/). O valor será de R$ 67,00 (sessenta e sete reais) para o cargo de nível superior e R$ 47,00 (quarenta e sete reais), para os de nível médio. As provas objetivas estão agendadas para o dia 01/10/2017.

A garantia de remuneração mínima para o cargo de nível superior é de R$ 9.786,14. e, para os cargos de nível médio, R$ 3.681,63 (Técnico de Enfermagem do Trabalho Júnior) e R$ 4.436,38 (demais cargos). A Petrobras oferece previdência complementar (opcional), plano de saúde (médico, hospitalar, odontológico, psicológico e benefício farmácia), além de benefícios educacionais para dependentes, entre outros.

O processo seletivo terá validade de doze meses, podendo ser prorrogado por igual período uma vez, a critério da Petrobras. O edital completo, contendo cargos, polos de trabalho, localidades, vagas, cidades de provas, requisitos e remuneração pode ser consultado no site da Petrobras (www.petrobras.com.br) ou no da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br).


Fonte: AsCom/Petrobras

Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina, no Piauí, através da Fundação Municipal de Saúde – FMS, anunciou o edital de concurso público n. º 001 /2017, a ser executado pela COPESE/UFPI. A iniciativa oferece 35 vagas para Médicos Anestesiologistas, que irão atuar em jornada de 25 horas semanais por vencimento de R$ 9.235,50.

A inscrição, no valor de R$ 250,00, será efetuada exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.ufpi.br/copese, a partir de 08 até 28 de agosto de 2017. Serão reservadas às pessoas com deficiência, em caso de aprovação, 5% do total de vagas.

Na data provável de 17 de setembro de 2017, será aplicada na cidade de Teresina a prova escrita objetiva de conhecimentos gerais e específicos O local e o horário de aplicação da prova escrita objetiva de conhecimentos gerais e específicos constará no cartão de inscrição do candidato. O resultado será divulgado no endereço eletrônico da COPESE na data informada no edital.

Os documentos comprobatórios para a submissão à segunda fase (avaliação de títulos e da experiência profissional) serão relacionados em formulário próprio e encaminhados à COPESE seguindo as instruções e prazos indicados no edital. Este concurso público será válido por dois anos e pode ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

VEJA O EDITAL

Remuneração de R$ 2.022,00 · 29/07/2017 - 19h02

Prefeitura de Campo Grande do Piauí anuncia novo processo seletivo


Compartilhar Tweet 1



Localizada no Estado do Piauí, a Prefeitura de Campo Grande do Piauí, publicou no Diário Oficial dos Municípios de sexta-feira, 28 de julho de 2017, o edital de um novo Processo Seletivo para nível médio.

A seleção visa atender o Programa Criança Feliz no SUAS, no âmbito do Programa Primeira Infância, ao cargo de Supervisor, que atuará em jornadas de 40h semanais e receberá remuneração de R$ 2.022,00.

No período de 31 de julho de 2017 a 1º de agosto de 2017, as inscrições serão recebidas na Secretaria Municipal de Assistência Social, localizada na Rua Manoel Cícero de Carvalho, nº 214, Centro. O horário de atendimento é das 8h às 13h.

A classificação será mediante Análise e Seleção de Curriculum e qualificações, já contratação será pelo período de seis meses, podendo ser prorrogada, em nosso site você acessa o edital de abertura completo com todos os detalhes.

Fonte: Com informações do PCI Concursos

Resultado deve sair na terça · 24/07/2017 - 17h21

Concurso da Polícia Militar do PI tem duas questões anuladas após recurso


Compartilhar Tweet 1



O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos - NUCEPE, anulou duas questões da prova escrita objetiva do concurso da Polícia Militar do Piauí, após recursos impetrados. A prova foi realizada no dia 9 de julho de 2017.

As questões retificadas do Gabarito Preliminar são as 34 de Noções de informática e a 41 de Legislação da PM-PI, conforme pareceres emitidos pela Banca Examinadora e disponíveis no NUCEPE a partir da próxima sexta-feira (28).

A prova objetiva foi reaplicada após a comprovação do vazamento de cinco questões de português, durante a primeira etapa, realizada no mês de maio.

O concurso oferta 400 vagas e o resultado da prova objetiva deve ser divulgado nesta terça-feira (24).

Inscrições de 10 a 13 de julho · 09/07/2017 - 13h01

Governo divulga edital para seleção de professores para Escola de Artesanato


Compartilhar Tweet 1



Em mais um passo rumo à implantação da Escola Estadual de Artesanato, o Governo do Piauí lançou edital para seleção de professores para a instituição. As vagas são para cadastro de reserva, com regime de 20h semanais, nos cargos de professor nas áreas de Administração, Design de Moda, Design de Interiores, História/Sociologia, e instrutor nas tipologias Argila, Bordado em Renda, Reciclagem e Madeira (Luthier).

“Para nós, é uma evolução grande. Vamos garantir, por meio da Escola de Artesanato Piauiense, a perpetuação do nosso artesanato. Nós vamos garantir que o saber popular, dos mestres artesãos, seja repassado para as próximas gerações”, revelou Jordão Costa, superintendente de Artesanato da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

O processo seletivo será feito pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), obedecendo as normas do edital e terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Jordão ainda considera que a implantação da escola vai ampliar a inserção da produção artesanal piauiense no cenário nacional. “Isso, para nós, é uma garantia de manter a cultura piauiense viva, tendo em vista que o artesanato piauiense é um dos melhores do Brasil e que tem uma grande permeabilidade dentro do mercado do sul e sudeste”, concluiu Costa.

As inscrições, obrigatoriamente online, serão realizadas no período de 10 a 13 de julho, no site www.seduc.pi.gov.br/concursos, onde também está disponível o edital nº 013/2017, o valor da taxa de inscrição é de R$ 50.


Fonte: Portal do Governo do Estado do Piauí

Compartilhar Tweet 1



32 mil candidatos realizam neste domingo (09/07) a primeira etapa do Concurso da Polícia Militar do Piauí que oferece 400 vagas em vários municípios do estado.

As provas serão reaplicadas de 9h às 13h, após a primeira aplicação ter sido anulada por fortes indícios de fraudes.

Pelo menos mil policiais estão atuando na prova para evitar novas fraudes e toda inteligência da polícia está empenhada em em evitar novos delitos.

O principal objetivo é evitar o vazamento da prova, como aconteceu na etapa anulada e evitar a entrada ede equipamentos eletrênicos no local das provas.

Esta semana a polícia prendeu o segurança de um shopping que na prova anterior conseguiu o caderno de questões antes da aplicação e teria comercializado por ceca de R$ 2 mil.


Compartilhar Tweet 1



Ao programa Acorda Piauí, da Rádio Cidade Verde, Samuel Silveira, atual secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, informou que os nomeados no primeiro concurso não serão suficientes para preencher todas as vagas, uma vez que soma 207 os aprovados, que concluíram todas as etapas e existe a previsão de cerca de 238 vagas para 2018. Deixando claro haver a necessidade de um novo certame.

Segundo Samuel Silveira a prefeitura deve nomear a cada mês 10 guardas o que resultará na finalização do concurso no mês de março de 2018. Criada por meio da Lei Complementar nº 3.834, a atuação da Guarda Municipal tem se mantido, primordialmente, para a proteção do patrimônio público e assistência à comunidade.

A atuação se deu até o presente momento em pontos como Parque da Cidadania, Complexo Esportivo Parentão, Parque Ambiental Lagoas do Norte, Centro de Esportes Unificados (CEU) Norte e Sul, porém essa previsão de novas convocações possibilitará a ampliação dos serviço.


Fonte: Com informações de Acorda Piauí
Prova seria dia 02 de julho · 01/07/2017 - 13h01

Processo seletivo em Baixa Grande do Ribeiro é suspenso pelo TCE-PI


Compartilhar Tweet 1



O Conselheiro Abelardo Vilanova determinou em decisão monocrática a suspensão do concurso para contratação temporária no município de Baixa Grande do Ribeiro. A medida cautelar determina que o processo seletivo regido pelo Edital n°003/2017 seja suspenso até que o gestor regulamente a contratação através de lei e que indique necessidade excepcional de interesse público.

Segundo a chefe da Divisão de Registro de Atos do TCE-PI, Lívia Ribeiro, o gestor não comunicou ao Tribunal de Contas a realização do certame e não enviou documentação através do sistema RH Web, conforme a resolução TCE/PI n° 23/2016. A prova estava prevista para o dia 2 de julho.

“O gestor não comunicou ao TCE pelo RH Web, o edital apresenta regras que restringem a concorrência e dificultam o acesso à participação. A inscrição só poderia ser feita presencialmente na prefeitura, sem disponibilizar também pela internet, por exemplo”, informa Lívia Ribeiro.

Desde de 1º de abril estão em vigor novas regras para fiscalização dos concursos públicos, processos seletivos simplificados e atos de admissão de pessoal, conforme a Resolução TCE/PI nº 23/2016. O TCE-PI tem fiscalizado de forma concomitante a realização de processos seletivos, concursos públicos e contratações na Administração Pública.

O prefeito Ozires Castro foi notificado da decisão para tomar as providências de suspensão do processo seletivo, que deverão ser comprovadas em até cinco dias depois do recebimento da notificação. A partir disso, o gestor poderá adotar providências para sanar as irregularidades ou apresentar defesa.


Fonte: Com informações do TCE-PI

Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Pimenteiras, no Piauí, dá inicio à realização de um novo concurso público, sob a regência do edital nº 01/2017. O objetivo é selecionar candidatos de ensino fundamental, médio, técnico e superior, para a ocupação de 70 vagas imediatas (inclusas as cotas para PNE). O regime de contratação será o estatutário e as remunerações vão de R$ 937,00 a 2.800,00.

Os cargos com vagas são: Médico da Estratégia de Saúde da Família, Médico do CAPS, Enfermeiro, Odontologo, Fisioterapeuta, Assistente Social, Psicólogo, Educador Físico, Professor de várias modalidades, Agente de Combate a Endemias, Fiscal de Tributos, Agente Administrativo, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem, Técnico Educacional, Artesão, Motorista, Auxiliar de Serviços Gerais, Vigia e Agente de Limpeza Urbana.

As inscrições devem ser feitas a partir do dia 2 a 22 de maio de 2017, via internet, no endereço eletrônico www.institutolegatus.com.br. O valor da taxa vai de R$ 52,00 a R$ 102,00.

A realização da prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 11 de junho de 2017, em local e horário a serem posteriormente divulgados.

O prazo de validade do concurso público é de dois anos, a contar da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.


Fonte: Com informações do Concursos no Brasil

Compartilhar Tweet 1



Com mais de 32 mil candidatos que disputam 400 vagas, o concurso da Polícia Militar do Piauí é realizado neste domingo (21/05) em 72 locais em Teresina.

Os portões dos locais de prova foram abertos às 7h30 e fecahdos às 8h30. A prova é aplicada de 9h às 13h.

Um forte esquema de segurança foi montado para evitar mais fraudes, como as que resultaram em várias operações realizadas, resultando na prisão de dezenas de pessoas.

Além do acompanhamento intensivo da polícia no local das provas, os candidatos não podem entrar nas salas com aparelho celular e cerca de 80 pessoas são monitoradas.

E faz maratona de revisões · 13/05/2017 - 22h15 | Última atualização em 08/07/2017 - 14h18

Podium prepara quase 1.600 alunos para o concurso da Polícia Militar-PI


Compartilhar Tweet 1



Neste domingo (14/05) os professores do Podium Concursos estarão na cidade de Floriano para mais uma aula preparatória voltada aos candidatos inscritos no Concurso da Polícia Militar do Piauí. Começa às 8h e segue até 13h, no auditório do Hotel Rio Parnaíba.

É a terceira cidade visitada pelos professores Ronald Moura e Cleiton Coutinho, em um projeto que visa proporcionar aos candidatos do interior do estado um muito da preparação recebida pelos alunos do Podium.

O preparatório, que completa 4 anos de mercado em 2017, é fruto de uma sociedade empresarial pautada na confiança, e no compromisso de transformar a vida daqueles que apostam no concurso como forma de alavancar seu futuro profissional e financeiro.

Em entrevista ao 180graus, Cleiton Coutinho lembra de como surgiu o preparatório. Professor de Direito Constitucional, ele já trabalhava ao lado de Ronald Moura na área de preparatório. “Fomos observando que quem levava o aluno para sala de aula éramos nós. Daí pensamos por que não poderíamos ter o nosso próprio preparatório?”, diz.

O primeiro desafio da dupla foi criar a marca, que nasceu da parceria com um terceiro sócio, que hoje não mais faz parte da empresa. Mas o slogan nasceu da inspiração da esposa de Cleiton. Ele diz que estava no carro, viajando para a cidade de Jaicós, quando mencionou para mulher que a marca já estava definida, e precisavam então de um slogan, que rapidamente lhe respondeu: “preparando vencedores”.

Diante do propósito dos professores, o nome não poderia ser melhor. E foi justamente quando o Podium começou a atrair outros bons nomes do mercado, que o professor Ronald Moura se viu consciente de que o preparatório ganhara credibilidade, se firmando no mercado.

Hoje o time é formado por profissionais comprometidos, nenhum deles com menos de 5 anos de mercado. A relação diária, além da profissional, é também de companheirismo.

O segundo passo rumo à consolidação do sucesso do Podium Concursos foi imprimir a questão da organização. “Em uma conversa eu e Cleiton decidimos que por mais que não tenhamos resultados financeiros naquele início, precisaríamos do resultado da organização”, explica o professor Ronald, que menciona ter recebido dos alunos muitas queixas em relação à falta de organização entre o que já havia no mercado na época.

É importante, diz Ronald, que o aluno chegue motivado à sala de aula, em sinergia com os professores e funcionários, todos tratados como uma família. “Se hoje temos quase 1600 alunos, nesta realidade do concurso da Polícia Militar, é porque lá atrás a gente se sacrificou de uma forma que pudesse nos dar credibilidade”, enfatiza.

E o empenho do passado gera frutos até hoje, quando muitos policiais militares ex-alunos indicam para o preparatório aos seus familiares e amigos.

Para os professores, a falta de valorização do mercado era bem mais latente, deficiência corrigida pelo Podium, que oferece à equipe calor humano, proximidade, respeito. E se para os profissionais o tratamento gera confiança, para os alunos isso se reflete em resultado. Os professores reforçam que a aprovação no concurso não é só “sala de aula”, mas tem muito de fatores externos que influenciam o psicológico do candidato, afetando sua confiança.

Cleiton conta o caso de um aluno que chegou a pedir baixa no Exército para concorrer no concurso da PM, pelo sonho de compor as fileiras da polícia militar do Piauí. Engajado, ele sofreu o baque da perda da mãe, e com a ajuda dos amigos e dos professores do Podium, conseguiu voltar para a sala de aula. Como esta história, há muitas coisas, de vidas transformadas, em um trabalho quase que social.

E pensando trabalhar estes fatores externos, o Podium traz um novo modelo de revisões. “Sabemos que os candidatos, principalmente os mais jovens, sentem que naquele momento também podem ser feitas outras coisas. Na nossa levamos o DJ, que traz o calor musical, os mascotes, palestras motivacionais, preparador físico, show de humor. Quando resolvemos fazer uma revisão na madrugada, muitos apostavam que não ia dar certo, mas surpreendemos por ter sido diferente. O aluno não saiu de lá reclamando, exatamente por tudo ter sido pensado em cada detalhe”, diz Ronald.

Outra cultura que os professores tentam mudar é a chamada preparação editalícia, que arrebanha candidatos para a sala de aula apenas quando os editais dos certames são publicados. Cleiton Coutinho alerta que a própria autorização do concurso já deve alertar o aluno. Um prazo que pode chegar a até meio ano de preparação desde a portaria que autoriza o concurso até o dia da prova.

Ronald defende que, quanto mais cedo o aluno se preparar, mais adiante na fila do concurso ele estará. “O concurso é uma fila, uma vez ou outra alguém fura essa fila, mas o importante é que quanto mais cedo você começa a se preparar, mais chance de andar nesta fila”, compara.

E o ritmo da preparação segue até o dia da prova. Além da aula em Floriano, os candidatos em Teresina poderão participar neste domingo de revisão nas áreas de Matemática, Direito Penal, Informática e Legislação da PM-PI a partir das 8h na Central de Artesanato Mestre Dezinho.

No dia 20, véspera do concurso, uma mega revisão reunirá o time Podium no Iate Clube de Teresina. Com responsabilidade, os professores irão discutir os conteúdos que podem cair na prova, refrescando o que foi estudado, e importante principalmente para os candidatos que já concluíram as turmas. “Não vamos lá só para resolver questões. Nossa equipe analisa provas do concurso anterior, aquilo que vem sendo mais cobrado. O crucial é que o Podium hoje é uma empresa de concursos, e tudo que fazemos é com profissionalismo”.

Nomeações até 31 de dezembro · 17/04/2017 - 11h46

Planejamento autoriza nomeações de concurso para o Itamaraty e INSS


Compartilhar Tweet 1



Portarias publicadas no Diário Oficial da União desta segunda-feira (17/04) autoriza a nomeação de aprovados em concurso público para o Ministério das Relações Exteriores e o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

As vagas para o INSS são para o cargo de técnico do Seguro Social, de nível intermediário de escolaridade. As 200 nomeações autorizadas hoje auxiliam na ampliação do quadro de pessoal do INSS, uma vez que 43% das agências do instituto se encontram abaixo da lotação ideal.

O Instituto está autorizado a realizar os atos administrativos necessários para a convocação de aprovados e concretização das nomeações já a partir deste mês até 31 de dezembro deste ano.

No caso do Itamaraty, o Ministério do Planejamento e Gestão autorizou a convocação de 60 candidatos aprovados em concurso público para o cargo de Oficial de Chancelaria.

O provimento dos cargos para os dois órgãos está condicionado à existência de vagas, sendo que as nomeações devem ocorrer até 31 de dezembro deste ano.


Fonte: Com informações do Portal Brasil e do Ministério do Planejamento
Contra liminar do tribunal · 17/04/2017 - 11h16

Após serem afastados, concursados realizam protesto na frente do TJ-PI


Compartilhar Tweet 1



Dezenas de servidores concursados afastados da Prefeitura de Buriti dos Lopes protestam em frente ao Tribunal de Justiça em Teresina na manhã desta segunda-feira (17/04), contra uma liminar concedida pelo desembargador José James Gomes Pereira que os afastou do cargo.

A situação é agravada pelo fato de que, entre os servidores afastados, estavam agentes que exerciam suas atividades junto a serviços públicos essenciais. De acordo com os funcionários prejudicados, o Prefeito do Município ainda estaria realizando contratações irregulares, em desacordo com as disposições constitucionais.

“No dia 11 de janeiro houve audiência do Fórum da cidade com a promotora de Justiça Francineide de Sousa Silva, resultando na instauração de procedimento para acompanhar e adotar as medidas legais pertinentes, a respeito da informação de que há contratações precárias em detrimento do afastamento de concursados, que a priori, foram nomeados de acordo com as leis regentes do concurso público e dos pleitos eleitorais”, afirma André Ricardo Brito, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Buriti dos Lopes.

O Ministério Público chegou a instaurar inquérito civil público com o propósito de apurar os fatos mencionados, devendo ser realizadas todas as diligências necessárias à elucidação dos mesmos, nos termos da legislação pertinente.

De acordo com André Ricardo, em fevereiro deste ano, o TCE revogou decisão determinando que todos os concursados voltem a seus cargos. “Mesmo com a decisão do TCE, o prefeito Raimundo Nonato mantém sua decisão de não chamar os concursados e lançou um decreto chamando apenas 21 dos 80 concursados”, ressalta.

NOTA
Sobre a decisão que manteve afastados dos cargos servidores concursados de Buriti dos Lopes, o Desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), José James Gomes Pereira, esclarece que:

1) Esteve fora do Tribunal em razão do falecimento de sua irmã, mas que seus assessores continuaram trabalhando e analisando o processo, em nada comprometendo a avaliação do mesmo.

2) Estava em Teresina e em contato com sua assessoria, não sendo sua decisão em nada prejudicada;

3) Hoje pela manhã recebeu o presidente do sindicato dos servidores da cidade, que estava acompanhado de seus advogados.


Fonte: Com informações do Portal Boca do Povo

Compartilhar Tweet 1



A Polícia Militar do Estado do Piauí (PMPI) divulgou o novo cronograma de eventos e outras informações necessárias para dar continuidade ao concurso publico orientado pelo edital n° 001/2017. O certame estava suspenso, em virtude de ajustes que deveriam ser feitos, para não haver coincidência com as datas de provas da seleção da SEDUC.

A assessoria da corporação informa que, além das mudanças nas datas, houve modificação dos locais de aplicação da prova escrita objetiva, que será realizada exclusivamente em Teresina, assim como a etapa de saúde, o teste de aptidão física e o exame psicológico.

Outra informação importante é que, com a inclusão de novo anexo ao edital (VII), passa para até 480 o total de candidatos a serem classificados no concurso, de acordo com a OPM, sendo 430 do gênero masculino e 50 do feminino. As outras retificações devem ser atentamente conferidas pelos candidatos, acessando os links da documentação do concurso, logo abaixo.

DATA DAS INSCRIÇÕES

As inscrições poderão ser realizadas de 03 a 17 de abril de 2017 pelo site do NUCEPE (nucepe.uespi.br), mediante pagamento de taxa no valor de R$ 80,00.

Cargo, remuneração, requisitos

O concurso visa a admissão ao Curso de Formação de Soldados, para o Quadro de Praça Policias Militares de ambos os sexos. A organização da seletiva está por conta do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos da UESPI (NUCEPE). São oferecidas vagas para o cargo de Praça da Polícia Militar, na graduação inicial de Soldado, com lotação nos Batalhões de Parnaíba, Floriano, Picos, Corrente, Avelino Lopes, Uruçuí, São Raimundo Nonato, Piripiri, Oeiras e Bom Jesus. O candidato aprovado fará jus a remuneração inicial de R$ 3.100, 00.

Apostila para o Concurso da Polícia Militar do Piauí - 2017

O candidato para se inscrever deverá: ser brasileiro nato ou naturalizado, possuir certificado de nível médio, ter idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos no período de inscrição.

SELEÇÃO

A seleção dos candidatos será constituída de prova escrita objetiva, exame de saúde, teste de aptidão física, exame psicológico e investigação social. A prova escrita objetiva será realizada no dia provável 21 de maio de 2017, agora exclusivamente na cidade de Teresina.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, por igual período, a critério da Secretaria de Administração e Previdência do Estado.

Documentação do concurso

Retificação: http://www.pm.pi.gov.br/noticia.php?id=2306

Edital: http://www.pm.pi.gov.br/noticia.php?id=2265

Comunicado: http://www.pm.pi.gov.br/noticia.php?id=2268


Fonte: Com informações do Concursos no Brasil

Compartilhar Tweet 1



A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE) convocam a imprensa para reunião que será realizada juntamente com outros órgãos públicos do Estado do Piauí, a fim de discutir estratégias para o fortalecimento da segurança, transparência e da lisura dos serviços prestados pelo NUCEPE à sociedade piauiense. A reunião acontecerá nesta quarta-feira, 19 de abril de 2017, às 11h, no Gabinete da Reitoria da UESPI, Palácio Pirajá, localizado no Campus Poeta Torquato Neto, em Teresina.

Criado inicialmente com a finalidade de elaborar e aplicar provas de vestibular anuais para ingresso de alunos na UESPI, atualmente o NUCEPE tornou-se o principal órgão do Estado responsável pela elaboração e execução de outras seleções como concursos públicos e processos seletivos no Piauí.

Os serviços prestados pelo NUCEPE também envolvem questões que fogem à sua natureza, como segurança e fiscalização da aplicação dos certames. Para cumprir com eficiência e eficácia suas funções e obedecer aos princípios da transparência e moralidade essenciais à administração pública, o NUCEPE precisa contar com o apoio e a parceria de outras instituições.

“O NUCEPE tem todas as condições para continuar cumprindo suas funções junto à sociedade piauiense. Mas é preciso reconhecer que nós somos uma universidade, nós trabalhamos com a produção de conhecimento. As questões relativas à segurança e à fiscalização já fogem da nossa alçada. E é por isso que nós estamos convidando essas instituições a se unirem a nós para melhor atendermos à sociedade” afirma o reitor da UESPI, Nouga Cardoso Batista.

A Administração Superior da UESPI convidou representantes dos seguintes órgãos para se unirem em força-tarefa: Secretaria de Estado da Justiça, Secretaria de Estado da Segurança Pública, Coordenadoria de Comunicação Social, Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Piauí, Procuradoria Geral do Estado, Ministério Público Estadual, Polícia Militar e Delegacia Geral da Polícia Civil.


Compartilhar Tweet 1



O Secretário de Administração e Previdência do Estado do Piauí e o Comandante Geral da Polícia Militar do Piauí, considerando a necessidade de alterar alguns itens do Edital n° 001/2017/SEADPREV/PMPI, como a data da realização da Prova Escrita Objetiva e o cronograma de execução, em virtude de coincidência com as provas do concurso da SEDUC/PI, impossibilitando interessados de inscreverem-se em ambos os concursos públicos, tornam pública a retificação do Edital do Concurso para Soldado da PMPI, conforme link abaixo:

>>CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR A RETIFICAÇÃO DO EDITAL<<

Além das mudanças nas datas, houve modificação dos locais de aplicação da Prova Escrita Objetiva, que será realizada exclusivamente em Teresina, assim como a etapa de saúde, o teste de aptidão física e o exame psicológico.

Nas imagens ao lado, é possível ver o Anexo I, referente ao novo cronograma de execução, e o anexo VII, que traz o quadro da quantidade de candidatos que serão classificados de acordo com a OPM e o gênero.


Fonte: PM PI
Portaria assinada por Franzé · 23/03/2017 - 17h43

Concurso para Corpo de Bombeiros no PI é anulado após investigações


Compartilhar Tweet 1



Depois de parecer do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) sobre o concurso para oficiais e soldados do Corpo de Bombeiros, o Governo do Piauí decidiu anular o concurso. A portaria foi assinada pelo Secretário Estadual de Administração e Previdência, Franzé Silva e pelo Comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Carlos Frederico Macedo.

O concurso foi investigado durante a Operação Vigiles, que aconteceu em novembro de 2016 e terminou com a prisão de 27 pessoas entre candidatos, fiscais do concurso e advogados. De acordo com a portaria assinada pelo secretário Franzé, ficam eliminados do certame os candidatos expressamente citados nas investigações policiais e os envolvidos na fraude.

As inscrições dos demais candidatos ficam mantidas, ressalvadas a possibilidade de devolução dos valores para quem manifestar a intenção de não participar mais do concurso. Ficam mantidas as 100 vagas para o Curso de Formação de Soldados, estabelecidas pelo edital. O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos(Nucepe), que realizou o certame, vai ficar responsável pela divulgação do novo cronograma das provas. O concurso ocorreu no ano de 2014.


Fonte: Portal do Governo do Estado do Piauí