Como Ser Feliz · 20/03/2010 - 08h49

10 Maneiras de Melhorar o Astral

10 Maneiras de Melhorar o Astral


Compartilhar Tweet 1



Hoje é sábado. Acordou se sentindo cansado em razão da rotina do seu dia-a-dia? Existem momentos em que estamos nos sentindo desanimados. Prá baixo ou mesmo insatisfeitos com as coisas que estamos fazendo no momento. O que fazer quando isso acontece? Estou postando abaixo dez maneiras de nos sentirmos melhor quando isso acontecer

1. Compre uma briga: não importa com quem, não importa em que lugar, não importa em que momento. Se o assunto lhe é caro, banque seu ponto-de-vista e, pelo menos dessa vez, não abaixe a cabeça aceitando o que diz o seu superior, seu melhor amigo ou um completo estranho. Argumente, dialogue, empolgue-se, sinta o sangue subir pro rosto. Faz muito bem, acredite... mesmo que perca o emprego ou o amigo

2. Questione as suas certezas: se você acredita em infidelidade, em discos voadores, na eutanásia ou na vida após a morte, por exemplo, ouça atentamente a opinião de quem não acredita. Abra a sua mente um pouco mais, esteja preparado para receber toda a informação que você nunca se permitiu ouvir. Leia textos. Procure análises de especialistas no assunto. Ouça outras opiniões. Dê a si mesmo a chance de ser imparcial por um momento.

3. Descreva-se quem você realmente é: encha a tela do que você sabe sobre você e que ninguém mais conhece. Descubra-se. Exponha os seus piores medos. Liste as suas grandes paixões. Os pecados mais vergonhosos. Os atos mais horríveis que você já cometeu e pelos quais nunca pagou. Saiba quem você é de verdade e não a pessoa que você mostra pros outros. Guarde o que você escreveu e leia de vez em quando.

4. Abra mão de algo que você goste muito: por exemplo, dê para outras pessoas o livro que você adora. A bola ou a figurinha autografada daquele ídolo do passado. Presenteie alguém com a sua melhor blusa ou aquela roupa que tanto gostava e que hoje está apertada no corpo... Passe para frente o que não serve mais. Se desapegue e faça alguém feliz...

5. Procure alguém com quem você não tenha mais contato: mais do que procurar, encontre, converse, aproxime-se. E não fale só de quem vocês eram, mas de quem vocês são e de quem querem ser. O passado tende a parecer estático, mas é parte de um movimento. Além do mais, é bom ter a lição de humildade de ver que outras vidas continuam acontecendo mesmo sem que estejamos por perto.

6. Faça algo que você ainda não saiba fazer: inicie uma atividade para a qual você não tem o menor talento aparente, seja aprender a jogar tênis, entender russo ou tocar clarineta. Ao invés de investir no que você já faça bem, de polir um talento, desenvolva uma área na qual você seja horrível. Mesmo que o resultado seja apenas o de se tornar menos travado ou fechado.

7. Faça algo completamente sem objetivo prático: ande na roda gigante depois do trabalho, jogue futebol de botão com um amigo na hora do almoço, releia todas as cartas que você já recebeu. Vá ao cinema assistir a um filme qualquer. O objetivo? Não precisa ter nenhum, apenas curta estes momentos

8. Faça uma declaração de amor: ajoelhe-se na porta do trabalho dela enquanto a espera sair e a surpreenda declamando em público os seus sentimentos. Escreva um poema e mande para todos os amigos d a sua lista de emails. Monte um painel na estação do metrô com todas as fotos dos momentos mais felizes de vocês dois. Não tenha medo de ser ridículo, tenha medo de ser infeliz.

9. Aconselhe-se com uma criança: Sorria. Dê boas gargalhadas pelo simples fato de estar vivo e ainda possuir alma infantil. Tente passar um dia tomando decisões e atitudes guiadas por alguém que é puro instinto e emoções. Não questione o que ela disser, apenas obedeça por alguns instantes.

10. Invista num projeto pessoal: não interessa se é um livro, um regime, uma coleção de orquídeas ou uma viagem inesperada. Separe um tempo para isso, cuide do projeto e dê-se o prazer de ver que ele deu em algo gratificante para você e não para a sua empresa.

 

Olhe para o céu e se sinta mais vivo do que nunca.