180graus

Blog do Poeta Elmar - 06/04/2010 às 22h22

MELANCOLIA DO ENTARDECER

Elmar Carvalho

 \"\"

Ontem, ao sair do trabalho, de tardezinha, estava um tanto melancólico. Por isso mesmo, resolvi dar uma volta de carro até o início da Chapada Grande, seguindo pela estrada que vai de Regeneração para Oeiras. O entardecer, na zona rural, em que se percebe com mais intensidade o cair da noite, sempre me entristece um pouco. Acho o amanhecer sempre mais alegre; até o cantar das aves me parece mais festivo, com a luz surgindo e fazendo tudo ressurgir. O cair das trevas é quase como se fosse um aniquilamento de tudo, com as coisas e a paisagem desaparecendo na escuridão. É como se fosse a antecipação ou o ensaio da morte. Dizem que o sono é uma pequena morte, mas o sono nunca me causou tristeza. Ao contrário, a falta dele é que causa uma certa ansiedade e até mesmo graves problemas psicológicos nas pessoas que têm dificuldade em dormir. Isso porque sentimos vontade e mesmo necessidade de dormir. Bandeira, num de seus poemas, fala que quando fora dormir, em certa noite de São João, havia conversa, risos, luzes, mas quando acordou, alta madrugada, já nada disso havia, porquanto estavam todos dormindo, dormindo profundamente. Há o dormir mais profundo, o dormir da noite eterna, o dormir da morte, de que jamais se acorda. Suponho que essa nostalgia ao entardecer é um sentimento atávico, ancestral, entranhado na alma e numa espécie de memória genética, se é que assim me posso exprimir, que aparentemente surge sem razão e para o qual não se encontra fácil e instantânea justificativa. Contudo, creio que o tombar da noite, nos lugares em que não existe luz elétrica, lembra o caos primordial em que nada existia, mas do qual tudo surgiu. Um caos primordial às avessas, que tudo vai destruindo, que tudo vai reduzindo a nada, porque as coisas vão desaparecendo de nossa vista, como se deixassem de existir de fato, e não apenas para a nossa percepção visual. Embora tenhamos fé numa outra vida, a morte nos entristece pela saudade que sentimos da pessoa que não mais veremos. A separação pela distância nos deixa triste, mas acalentamos a esperança de que sempre poderemos rever a pessoa amada. Talvez fiquemos tristes ao crepúsculo porque é como se as coisas morressem ao desaparecer nas trevas, e a noite se nos afigurasse como uma espécie de antecipação da morte; da morte de nós mesmos, e da morte do mundo que perderemos com a nossa morte. Mas, parafraseando a letra viniciana, chega de tristeza, chega de saudade.
(*) Texto desentranhado do Diário Incontínuo, que venho persistindo em publicar no meu blog http://poetaelmar.blogspot.com  
 

Publicado Por: Elmar Carvalho

Últimas Notícias
06h39 Phelps é sentenciado a 18 meses de liberdade condicional por dirigir alcoolizado 06h25 Derrotado nas urnas, Marllos anuncia que ele voltará; 'prefeito ou vereador' 06h04 PROCURADOR pede cassação de W.Dias e mais 09 no PI 06h02 Veridiana Freitas mostra corpão em ensaio e dispara: 'Quero ser natural' 05h57 Saldo negativo: Estatais acumulam 50% do déficit de fundos de pensão 05h07 Zagueiro Breno está de volta ao São Paulo após ser liberado da prisão 04h50 Para beneficio dos motoristas carros poderão vir agora com versão android intalada 04h04 81 vagas são abertas em concurso da Fundação Clóvis Salgado 03h58 Projeto que proíbe uso de bala de borracha em São Paulo é vetado por Alckmin 03h07 150 vagas são abertas em concurso de Fortaleza,inscricões feitas pela internet 02h55 Justiça em casos de assassinato ainda usa pouco a Lei Maria da Penha 02h51 Segundo pesquisa Brasileiro passa mais tempo na internet do que vendo TV 02h08 Conheça as tendências em batons para este verão. Lindos! 01h58 41 Réplicas idênticas de macacão de Senna na F-1 é lançada por R$ 16 mil 01h38 Piauizão procura técnico bom e barato para montar equipe competitiva 01h13 Brasil e Venezuela na semi-final do Sul-americano de futsal 00h54 Após a saída de Zé Roberto, Marcelo Oliveira acerta contratado com Grêmio 00h22 Concludentes da U. E. Prof. Teresinha Bastos fazem descerramento da placa 00h15 Sorocaba vira o jogo e levar taça da Liga Paulista de futsal nesta sexta (19) 23h47 Justiça determina prisão preventiva de ex-presidente e ex-vereadora da Câmara de Juazeiro 23h18 Pesquisa mostra que cearense passa mais tempo na internet do que vendo TV 23h07 51 anos de emancipação política de São João da Serra 22h57 U. E. Prof. Teresinha Bastos realiza entrega de certificados para concludentes 2014 22h45 Justiça barra edital de realização da festa de fim de ano na Esplanada 22h19 Rede Municipal de Ensino realiza últimos encontros pedagógicos do ano em Oeiras
GUIA DOS PARLAMENTARES II
CNH

Mais Lidas

    Enquete

    O piauiense Luis Henrique foi o terceiro colocado no 1º MasterChef Brasil. Você concorda com a vitória de Elisa?

    Total de Votos: 180

    Válida de 17/12/2014 a 24/12/2014

    180graus no Instagramno Instagram