'Falou o linda' · 29/03/2016 às 18h00

Chamada de gorda em pichação, mulher dá 'melhor resposta': 'é o que eu sou'

Chamada de gorda em pichação, mulher dá 'melhor resposta': 'é o que eu sou'


Compartilhar Tweet 1



A jornalista Jéssica Balbino, de 30 anos, deu a 'melhor resposta de todas' após encontrar a frase "Jessica Gorda" pichada no muro de sua casa, em Poços de Caldas (MG), ao sair para trabalhar na segunda-feira (28).

"Acho que faltou o 'linda' na frente, mas, ainda bem que contaram algo que eu sou, né. Se a intenção era me ofender, deu errado, porque me representa", escreveu ela ao postar uma foto do muro em sua página no Facebook. "Ficaria chateada se tivessem dito que eu sou burra, criminosa, ou algo do tipo. Gorda é exatamente o que sou".

A resposta viralizou: até agora, a foto recebeu mais de 123 mil curtidas e 11 mil compartilhamentos.

Em entrevista ao portal da RedeTV!, Jéssica conta que ficou assustada com a repercussão, mas satisfeita porque chama atenção para um assunto importante. "[Isso] nos faz discutir sobre gordofobia, que é um assunto que precisa de mais atenção no país!", defende ela. "Viralizou de uma maneira que eu nunca imaginei, mas milhares de pessoas estão falando sobre padrões estéticos, e isso é incrível", acrescenta.

Levando o fato de ser gorda quase como um ato político, Jéssica afirma que não irá emagrecer para atender aos padrões sociais. "Eu sou gorda, mas sou saudável, faço tudo que pessoas magras fazem, desde namorar, a viajar, sair, trabalhar, pesquisar, etc! Não tem porque eu emagrecer pra agradar a sociedade que é doente por padrões", explica ela.

A jornalista ainda acrescenta que apesar de ter encarado a situação com bom humor, trata-se de uma violência. "Usaram a pichação para me atacar, para sujar o muro da minha casa, para, de alguma forma, me ridicularizar e humilhar!", diz ela. "Não conseguiram, mas foi um crime. Não pela pichação em si, mas pelo ato, pela agressão. Foi uma violência e é triste perceber que isso existe, mas é possível tirar algo de bom!".

Jéssica, que fala sobre hip-hop e literatura marginal, mas também aborda feminismo e gordofobia em sua página na rede social, ainda garante que não faz ideia de quem seja o autor da pichação, mas imagina que tenha sido uma pessoa que discorde de seu posicionamento. Ela registrou um boletim de ocorrência sobre o caso e irá pedir para amigos graffiteiros fazerem uma arte no muro pichado.

Na íntegra:
Aí hoje eu acordei pra ir trabalhar e tinha essa pichação no meu muro. Acho que faltou o 'linda' na frente, mas, ainda bem que contaram algo que eu sou, né. Se a intenção era me ofender, deu errado, porque me representa.

Ficaria chateada se tivessem dito que eu sou burra, criminosa, ou algo do tipo. Gorda é exatamente o que sou.

Fonte: Com informações da RedeTv