Tiro na cabeça · 05/11/2012 - 09h24

STJ mantém prisão de bandido que matou policial no Parque Itararé

STJ mantém prisão de bandido que matou policial no Parque Itararé


Compartilhar Tweet 1



O Superior Tribunal de Justiça negou habeas corpus apresentado pelo Defensora Pública da União Tatiana melo Aragão Bianchini em favor do assaltante Rafael Vieira da Silva, conhecido como ‘Vira Folha’, apontado como o responsável pelo tiro que matou o policial militar Paulo Barbosa de Mesquita, 35 anos.

O relator, ministro Campus Marques, considerou que o réu já responde por outros crimes e que sua ‘libertação efetivamente põe em risco a instrução e a ordem pública, em razão do temor que transmite às testemunhas e da ameaça que representa para o meio social’.

Rafael e outros bandidos tentaram assaltar na agência dos Correios no bairro Parque Itataré, quando o policial foi atingido com um tiro na cabeça e faleceu depois no hospital. DECISÃO