No interior do Maranhão · 15/04/2014 às 19h09

Dois réus são condenados por homicídio


Compartilhar Tweet 1



O Tribunal do Júri de Aldeias Altas condenou, no dia 9 de abril, Everson Jill Pereira da Silva a seis anos de reclusão em regime semiaberto e José Raimundo da Silva Oliveira a 14 anos e três meses de prisão em regime fechado.Everson Jill Pereira da Silva foi condenado pelo homicídio de Francisco da Silva Lima. José Raimundo da Silva Oliveira foi sentenciado pelo assassinato de Antônio Francisco Moura de Sousa, apelidado de "Esquila".

O crime de Everson Jill Pereira da Silva foi classificado como homicídio simples e o de José Raimundo da Silva Oliveira como homicídio qualificado, mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima.


Compartilhar Tweet 1



O município de Aldeias Altas recebeu o movimento Diálogos pelo Maranhão na noite desta quarta (9). Lideranças políticas e religiosas, vereadores, presidentes de sindicatos e população discutiram as prioridades da região. Problemas com abastecimento de água e infraestrutura de escolas estiveram entre os principais pontos do debate.

Glaydson Mendes, liderança católica de Aldeias Altas, chamou a atenção para a falta de infraestrutura, saúde e educação. Para ele, ser maranhense deveria ser motivo de orgulho, o que não acontece devido às condições em que se encontra o estado.

Improbidade Administrativa · 10/04/2014 às 13h53

Vereador e lavradores são alvos de Denúncia e ACP por improbidade


Compartilhar Tweet 1



A Promotoria de Justiça da Comarca de Caxias ofereceu Denúncia e propôs Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra Beto Carneiro de Sousa (vereador de Aldeias Altas), Antônio Pedro Severo, José Carlos Carneiro de Sousa (irmão do vereador) e Raimunda da Conceição Severo (lavradora, sogra do vereador).O motivo das ações foi o desvio de recursos do município em benefício dos réus, por meio de fraude da folha de pagamento da Câmara de Vereadores do município. A irregularidade causou um prejuízo de R$ 12.800 (valor não corrigido).

As manifestações foram ajuizadas, em 3 de abril, pela promotora de justiça Carla Mendes Alencar. Aldeias Altas é termo judiciário da Comarca de Caxias, localizado a 392km da capital.